quarta-feira, maio 18, 2005

APATIA



Sempe me gabei de que monotonia não era comigo nem com alguém que estivesse comigo, nomeadamente a minha família, porém, essa rede invisível caçou-me.
Não sei como me libertar.
Não sei.
Não.

9 Uivos:

Blogger vague uivou...

Querida. Vai passar. Eu faço uma forçinha :) Amanhã recebes uma.
Descansa bem*

11:48 da tarde  
Blogger HippyMonkey uivou...

Sorry I do not speak spanish, but that picture of the spider is beautiful.

1:31 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

sorry... I'm not spanish neither my language.
I'm portuguese from PORTUGAL.
Is easy!!!
GO TO A MAP!!!!!

9:35 da manhã  
Blogger pindérico uivou...

Uma primeira medida é não se alhear do facto do amigo macaco não distinguir o Português do espanhol. Depois... é continuar, com as convicções que revela!

9:40 da manhã  
Blogger pindérico uivou...

Sorry! Afinal não fui a tempo!!!Não há apatia por essas bandas!

9:41 da manhã  
Blogger paperl life uivou...

quanto mais nos debatemos contra a teia mais ela nos envolve.

Que tal ficar atenta à vida e esperar? Vem sempre alguma coisa, no vento.

:)

11:25 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

no vento está a vir um NADA...

2:49 da tarde  
Blogger hfm uivou...

Só que os meandros desta rede só aparentemente são monótonos.
Obrigada pela visita.

11:13 da manhã  
Anonymous biga uivou...

olá! Lindo este blog!
A monotonia é terrível e, às vezes, não queremos mesmo sair dela!!! Parece que é necessária à nossa existência. Beijos, biga

7:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home