segunda-feira, abril 02, 2007



No gume da navalha,
em equilíbrio
de sombras e duvidas,
os meus Espíritos-Guias vibram,
semeando-me
energias divinas.
Azuís-mar
tocam-me os olhos
de âmbar-Loba.
Vermelhos-rubros
de emoções selvagens
arqueiam-me o dorso.
Um uivo longo e fabuloso
cruza a bruma,
espessa e fria.
Um breve olhar para trás
e deslizo,
definitiva
ao teu encontro.

4 Uivos:

Blogger poetaeusou uivou...

///
encontro breve
no dorso da bruma
os selvagens vermelhos
e os azuis divinos
semeando duvidas
em sombrias navalhas
///

9:57 da tarde  
Blogger Cleopatra uivou...

Mistério...
Magia....
Poesia....

10:40 da tarde  
Blogger Maria P. uivou...

Encontros nas palavras pelo menos...


Beijinhos*

10:06 da tarde  
Blogger Paula Raposo uivou...

É um prazer ler-te Maria! Muitos beijos.

4:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home