segunda-feira, março 30, 2009




Si pudiera abrir una ventana
en el profundo espacio de los tiempos
y superar la pared abismalmente negra del infinito,
trataría de encontrarte en el jardín de mis sueños mas bonitos...
Hallaría, tal vez, los aromas exquisitos hoy ausentes ?
Las rosas que equivocaron su camino ,
y los recuerdos de cosas bellas que he vivido?
Hallaré aquel primer beso de amor?
Mi corazón ansioso de vivir
y las ansias que alguna vez perdí?
Y si está tu sonrisa, seguirá siendo mía?
Perdurará la tibia humedad de tus labios
y el misterioso y mágico astrolabio
con el que hallé en una noche inolvidable de enero
las resplandeciente estrellas que poblaban tus ojos ?
Me hostigarán las palabras que no he dicho
y las poesías que me negué a crear?
¿Qué encontraré tras esa mágica ventana ?
¿Me encontraré yo?
¿Vale la pena intentarlo?
.
Tal vez no...
.
Rodolfo

poesia fabulosa de um amigo muito querido que escreve lá pela Argentina dos tangos e das pampas

9 Uivos:

Blogger Cesar Cruz uivou...

que lindo! Como invejo os poetas! Eu, que não tenho a menor veia poética...

Lindo, lindo. Parabéns ao seu amigo

bjão
Cesar
S.Paulo/ Sp - Brasil

2:06 da tarde  
Blogger Cesar Cruz uivou...

Maria, minha amiga escritora e poeta! Quer dizer que és mãe de uma Vanessa e avó de uma Michele?? Sensacional coinscidência! Se um dia vieres ao Brasil, me avise e nos faça uma visita!

1 bj
Cesar
S.Paulo/ SP - Brasil

2:15 da tarde  
Blogger Paula Raposo uivou...

Que lindo!! Mesmo fabuloso, Maria!! Muitos beijos.

2:24 da tarde  
Blogger joaninha uivou...

Não abri a janela para não perder o som
Escutei baixinho o Tango como uma carícia
Senti o corpo embalado não pela aragem…
Senti sim a alma em poesia, como um dom,
Que nos braços de um sonho fazia de mim magia
E eloquentemente rodopiei com a minha coragem…

Minha querida o poema do teu amigo é mais do que belo, não tenho palavras. Si pudiera escribir así, no podría negar a crear poesía… as fotos estão em sintonia com a poesia. Gostei muito! Uma boa 2ª feira

3:54 da tarde  
Blogger Osvaldo uivou...

Olá Maria;

Mas isto é fabuloso... Um poema na lingua de Cervantes, magistral e um tango e seus passos mágicos de deixar água na boca a quem não dança.

bjs
Osvaldo

7:50 da tarde  
Blogger Maria Clarinda uivou...

E que partilha maravilhosa, Maria!!!!
Lindo!
Jinhos mil

10:14 da tarde  
Blogger Horas Sem Tempo uivou...

Que lindo!
Se eu pudesse tb abrir uma janela...
Ai!
Beijinhos

10:43 da manhã  
Blogger Nilson Barcelli uivou...

Belo poema, parabéns ao poeta e a ti, que o escolheste e publicaste.
Boa semana, beijo.

4:57 da tarde  
Blogger Rodolfo N uivou...

Mi amiga! que honor tan grande.
Participar de tu bello espacio es un regalo inesperado y preciado!
Mil gracias, a vos y a tus amigos por sus comentarios
Beijos!!!

8:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home