segunda-feira, abril 18, 2005

FALTA DE CHÁ... NO MÍNIMO...

Hoje tive de recorrer ao Posto de Saúde e aguentar (é o termo exacto) com a minha médica de família.Quando estava a ser atendida(seria?) entrou uma funcionária pela porta dentro para ver se a dita médica se dignava em atender mais uma urgência. Um rapaz que tinha sido mandado do hospital. Então despencou um chorrilho de idiotices tais como: - Vou ter de o operar aqui? Em cima da secretária? e por aí fora.. A funcionária ansiava por saber se ela atendia ou não o desgraçado e depois de muita troça, lá disse que sim.
E eu a assistir.
Não falo da minha pseudo-consulta porque é para esquecer.
Quando cheguei cá fora, deparei-me com o tal rapaz, mais verde e mais doente que metia dó e percebi que fora mandado do hospital para a médica de família lhe passar as credenciais para análises e mais exames médicos.
A ternura daquele mãe comoveu-me pois aconchegava aquele rapaz enorme e quase o transformava num bebé, acariciando-lhe a cabeça que repousava no seu regaço.
Deve ter sido extremamente bem recebido pela (megera)médica que lhe deve ter atirado mais uma piada parva ou até ter sido incorrecta como já tenho presenciado.
Perfeitamente lamentável.

6 Uivos:

Anonymous profiler uivou...

sorte a de quem não tem de passarpor isso

11:17 da tarde  
Anonymous João uivou...

Triste e azarada essa prespectiva, por vezes basta desviarmos um metro para o lado para termos outra mais alegre e sorridente:)
Um beijinho
João

7:14 da manhã  
Blogger Carlos Barros uivou...

Sabes? é por causa dessas e de outras...é que devia ser obrigatório levar um taco de baisebol, para esses locais.
no outro dia a minha mais nova estava cheia de problemas de respiração e o medico a fumar...

2:36 da tarde  
Anonymous Luisa uivou...

Quando passaram de moda as "vocações" (ideal bem do meu tempo)e todas as profissões passaram a ser comércio, surgiram esses médicos para quem o doente é a coisa menos importante nas suas vidas. Que tal pô-los astrás dum balcão a vender pastilhas elásticas?...

9:19 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

é... ou a guiar carroças, ou a varrer o lixo público que é o que eles nos consideram...

8:36 da manhã  
Blogger Noite uivou...

Eu compreendo (embora não admitindo) que os médicos dos Centros de Saúde andem exaustos e tenham esse tipo de atitudes, a sério que sim. Recordo a minha médica de família, a qual não consultou uma única vez os meus filhos sem que reclamasse todo o tempo. Estes médicos estão de consulta e ao mesmo tempo de banco, trabalham mais horas que as que lhes são pagas e com esta política de não se poder ir para o Hospital sem se passar pelo CS primeiro, têm cada vez mais doentes para ver. Toda a falta de atenção, as reclamações, a ladaínha constante para cima dos doentes é inadmissível, mas até consigo compreender.

5:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home