segunda-feira, março 21, 2005

DIA MUNDIAL DA POESIA...MAIS UM DIA

MANHÃ FRIA

Começado numa manhã fria,
insegura de sol e desejos,
o Amor caiu, desamparado.
O rio mansamente levou-o,
entregando-o ao mar,
insaciável e apaixonado.
Nadou entre corais e medusas,
dançou com algas e cavalos marinhos.
Quando se cansou...
enrolou-se,
qual gato de telhado numa concha,
repousando numa pérola.
Todos os dias, caminho descalça
desfazendo a areia
numa busca infinita
de uma concha molhada,
uma pérola
e algo divino enroscado nela.
O Amor será de novo aconchegado
nos braços de uma Mulher.

4 Uivos:

Blogger Um Olhar Sobre... uivou...

Olá Afilhada!
Vim cá trazer-te as amendoas e dizer-te que transformei as palavras em imagens, também uma forma bonita de olhar a vida.
Beijo grande da Lina

12:52 da manhã  
Anonymous náufrago uivou...

:)

Obrigada pela visita.

Aqui é bonito demais para falar da sordidez do mundo.

Bjs.

9:17 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

nunca é porque a Vida é essa mistura do Belo e do podre... nunca percas a oportunidade de saltar em cima do que te incomoda, ofende ou maltrata!
Obrigada pela visita e se vires uns posts mais antigos vais verificar que também não fujo ao que emporcalha o SER HUMANO.
xi coração
maria

9:47 da manhã  
Anonymous Loba uivou...

Belo, Maria! De uma beleza que me faz querer poetar,mesmos em o saber! Beijocas

12:23 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home