quarta-feira, novembro 21, 2007


Ela ia ao cemitério em romagem a um irmão morto num acidente de moto.
Ele em romagem à esposa e única filha, mortas em acidente de viação.
Um dia reencontraram-se, ela com 58 anos e ele com 60.
Tinham sido namorados na adolescência.
Ela solteira, esquecera-se de viver, ficando a tomar conta dos Pais.
Ele viuvo, havia 4 anos.
Reencontraram-se.
Estão finalmente juntos e felizes.
Só se bebe champagne (aos golinhos) naquela casa.
Como eu gosto de os ver ...

7 Uivos:

Blogger Pecadormeconfesso uivou...

Nunca vou beber champagne aos golinhos naquela casa. Tens um desafio Lua lá no meu confessionário.

10:04 da tarde  
Blogger Paula Raposo uivou...

Nos locais mais insólitos se reencontram vidas!! Beijos.

10:07 da manhã  
Blogger Carol uivou...

Que bela história!

11:57 da tarde  
Blogger Rodolfo N uivou...

Preciosa historia y bellísima imágen.....
Beijos!

9:45 da tarde  
Blogger Cleopatra uivou...

Então é assim:
O Amor não acontece só qdo não temos rugas
O Amor acontece a todos
O amor anda à solta~
O Amor adora beber chamapagne aos golinhos
O Amor é LOuco
Não façam pouco..
O Amor é amor... ai ai suspiro.
Beijo Maria.

1:52 da manhã  
Blogger Pepe Luigi uivou...

A força e o poder do do amor não têm limites nem horizontes sem fim.

Pepe

1:53 da tarde  
Blogger peregrino uivou...

Este comentário foi removido pelo autor.

3:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home