quarta-feira, agosto 24, 2005

O CÃO DESMAIOU !!!




Telefonema de uma filha para seu pai em final de férias de fim-de-semana.
- Olá pai. Sou eu, a Fátima.
- Fatinha! Ia partir agora. Está tudo bem?
- O cão desmaiou.
- O cão o quê?...
- Desmaiou. Está aqui deitado dentro da tua cama.
- Estás doida? Tira-o já de lá! O que é que ele tem? Comeu alguma coisa estragada?
- Acho que não. Acho que foi de Ihe ter limpo o focinho com amoníaco..
- Hã? Para quê?
- Para lhe tirar a tinta branca do focinho. Na embalagem dizia para não se cheirar...
- Ei, calma lá! Mas que história vem a ser essa?? Qual tinta???
- A tinta branca do spray, para pintar o carro.
- O Toyota?? Riscaste-me o carro a brincar na garagem? Maria de Fátima diz-me a verdade.
- O que é que tu queres? A chave de parafusos escapou-se-me das mãos.
- Mas para que fostes tu brincar com uma chave de parafusos para o pé do carro??
- Não estava a brincar pai. Tem dó, estava a tentar arranjar-te o farol...
- Maria de Fátima - Tu partiste-me o farol do carro?
- ...o farol, o pára-choques...
- O quê??? O que é que vocês andaram a fazer na minha ausência? Andaram à pedrada ao meu carro, ou quê?!
- À pedrada não andámos, mas andámos aos pontapés...
- Ai mau Maria, mau Maria, mau Maria...
- A ideia foi do João, pai.. .ele é que disse para dar pontapés na chapa que ela acabava por se endireitar.
- Não, isto não está a acontecer...
- Espera pai, vou passar ao João...(- João, atura-o tu agora um bocadinho)
- Está? João? João. Tu que és mais cres*cido e responsável - ouve bem o que o teu paizinho te vai perguntar - o que está a acontecer, exactamente?
- O cão desmaiou...
- Porra! Eu já sei que o cão desmaiou. Eu não quero saber do cão para nada. Eu quero saber o que aconteceu ao meu carro, e quero saber já!
- O teu carro despistou-se e foi contra uma árvore.
- Quê??? Despistou-se? Contra uma ár*vore?? Mas tu ainda estás a tirar a carta e fostes guiar o meu carro sem a minha autorização???
- Eu? Eu não, a Fatinha é que ia a guiar.
- Chama JÁ a tua irmã ao telefone. JÁ!
- Ela está ali a falar com o cão e diz que não pode vir...
- JÁÁÁ!
(- Fátima, olha a fera ao telefone)
- Está pai, o que queres agora??
- #! &$!! Para ti Maria de Fátima.. .Quero saber já, neste momento e neste instante, que história é essa do desastre?
- Bem, se começas a ser malcriado comigo não te digo nada...
- Maria de Fátima!? Alô? Alô?... Mariazinha de Fátimazinha Almeidazinha não me deixes a mostardazinha chegar-me ao narizinho... é um conselhozinho de quem te quer bem...
- Ah! Com esses inhos todos já gosto! Vês como as coisas tratadas com ternura e amor pelo próximo resultam melhor? Então é assim, alguém tinha de ir buscar o João à esquadra - como tu não estavas cá - fui eu no teu carro. À vinda da esquadra...
- Esquadra??? Da polícia???
- Sim, conheces outra?!!!
- O-que-é-que-o-teu-irmão-fez, Maria de Fátima?????
- Não-sei, vou-chamá-lo-pai-Almeida (-João, é a tua vez!)
- João, eu não me vou pôr com rodeios. O que é que fizeste?
- Soquei o primeiro transeunte que se cruzou comigo, ali na rua Augusta...
- ...gaaaa....
- A sério! Tu farias o mesmo na minha situação!
- ?gggg?
- Foi assim: estava a passear calmamente quando um velhinho tropeçou e caiu, ali mesmo ao meu lado. Eu não fiz mais nada senão chamar os tipos da ambulância (é ambulantes que se diz?) quando chegaram acusaram-me de os ter ncomodado sem razão, pois uma quedazinha daquelas não justificava a sua vinda. Eu irritei-me, tu sabes como eu odeio aqueles que desprezam a terceira idade, e, aí, esbofeteei o velhinho dizendo-lhes em alto e bom som
- Então e isto??? Já justifica a vossa vinda? Seus...> » Coitado. Tinha acabado
de se conseguir levantar e lá voou direitinho ao chão de novo. Então eles pegaram no velho e levaram-no para o hospital. Minutos depois apareceu a policia. Eu contei-lhes toda a verdade e aqueles gajos não me prenderam nem nada!! Disseram que estaladas e coisas assim estavam sempre a acontecer e que não valia a pena terem-nos chamado só por causa disso. Eu irritei-me, tu sabes como eu odeio aqueles que desprezam a terceira idade, e preguei um bom soco no primeiro transeunte que me surgiu à frente, dizendo em alto e bom som «Então e isto??? Já justifica a vossa vinda? Seus...» Para grande pena minha, o desgraçado que apanhou o soco era outro
velhinho. Tu sabes como eu respeito a terceira idade. A Bófia então pegou em mim e levou-me para a esquadra, finalmente. No dia seguinte a Fátinha veio buscar-me no teu carro.. .foi aí que ela se espetou na árvore aí a cerca de quinze quilómetros por hora.
- Ufff! Ao menos isso. Vinham devagarinho então.
- Devagarinho? Não! Vínhamos a mais de cem quando nos despistámos.
- Então mas acabaste de dizer que chocaram a quinze...
- Ai a Fatinha não te disse??? Entrámos aí a uns 190 dentro do parque, em cima dos
arbustros, banquinhos e caixotes de lixo baixámos para 150, depois foi a fonte do repuxo e finalmente o amontoado de velhinhos que costumam, isto é
costumavam, jogar às cartas nas mesinhas do parque...foi um final suave...
E foi uma grande sorte pai, para nós e para o teu carro. Estás a ouvir pai?
Está lá?? Alô???...
- Ei mana, telefona agora tu para a mãe.
- O que é que eu digo, a mesma história?...
- Ah! Pode ser, mas ao menos troca os personagens... sei lá, surpreende-me!
- Olá mãe. Sou eu, a Fátima!
- Fátinha, minha filha, está tudo bem?
- O pai desmaiou...

13 Uivos:

Blogger paper life uivou...

ahahahahahahhaha

perfeita construção! equilíbrio qb entre nonsense e humor negro.

Só mesmo tu!

:D

9:40 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

mas a historia não é minha... mas se calhar até podia::)))

9:46 da manhã  
Blogger paopbocca uivou...

chiça pá parece daquelas históriias que conto à minha mãe. engole cada uma...nunca t~e fim. é como o meu curso :) lol

11:29 da tarde  
Blogger Nina uivou...

heheheh...gostei

Beijinho :)

11:30 da manhã  
Blogger Caracolinha uivou...

ahahahahhahahahahah ... á cada barrigada de riso contigo ... adoro, simplesmnete adoro, o teu sentido de humor ~:o)

Beijinhos minha querida !!!!

4:18 da tarde  
Blogger Cristina uivou...

lua muito obrigada pela visita
já estou de volta :))
um beijo grande

9:40 da tarde  
Blogger Zica Cabral uivou...

já conhecia mas adorei lê-la outra vez...............
bjinhosss

10:58 da manhã  
Blogger José António uivou...

Olá lua.

Liiiiiiindo!
Lembra-me os nossos politicos e os chefões do futebol.
Quanto mais falam, mais se enterram... :)

[]

4:18 da manhã  
Blogger Bárbara Vale-Frias uivou...

Looooooool

No início ainda pensei que era uma história... depois percebi que, afinal, era uma estória ;)

Fartei-me de rir :)))

Obrigada pela visita ao Sublimações e pelas palavras simpáticas lá deixadas :)

9:25 da manhã  
Blogger Menina_marota uivou...

AHAHAHAH Colossal!!!

Rica história!! Ai se os meus meninos me aprontassem uma destas... eheheh

Abraço e boa semana a sorrir...

7:12 da tarde  
Blogger Lina uivou...

Ahahahah, morri a rir, mas que reresso em grande o meu :)
Um beio da Madrinha desnaturada

7:30 da tarde  
Blogger sound of fury uivou...

E há quanto tempo está o pai desamaiado?

:) ;)

8:21 da tarde  
Blogger Judite Davison Ribeiro uivou...

Adorei... Simplesmente!

8:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home