quarta-feira, março 02, 2005

Chegaste aqui

num torvelinho de pensamentos...

Esvoaçaste o teu desejo

devagar,

sem pressa.

Muitas vezes voltaste,

espraiando as tuas asinhas

penugentas.

A névoa suave

que eu era,

tornou-se numa nuvem branca,

imponente e rechonchuda,

deslizando, céu fora.

Então pudeste descansar,

fechar as asas

e redescobrir a Vida.


2 Uivos:

Blogger Carlos Barros uivou...

como gosto de sentir esta lua que uiva, estes uivos ao luar, esta forma de amar, que se esvaiem de prazeres e vontades.
apeteceu-me

11:30 da tarde  
Blogger Nuria uivou...

Deixaste-me a flutuar.
Não desapareças depois desta "missiva": às 5 da madrugada.

Um beijo para ti. :-)

5:26 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home