quarta-feira, março 02, 2005

O MENINO DO AMANHÃ




E quando o tempo correr

para o Menino de Agora?

Flor murcha

na poluição negra, viverás,

rolarás sobre ti mesmo,

numa vertigem

de força e espirito.

A flor seca regressará

ao império dos vivos.

Desdobrar-te ás

numa loucura de cores

brilhantes, cegas de Luz.

Energia pura faiscará das tuas mãos,

curando, protegendo,

amando.

Menino do Amanhã,

quanto tempo ainda sem te ver...

1 Uivos:

Blogger Angelus uivou...

Olá... Agradeço a tua passagem pelo meu blog... Aceitando o convite decidi passar...

Gostei do que vi. Além de belos textos pude também ler algumas histórias engraçadas... Há aqui, também, fotografias maraavilhosas...

Agora, porquê comentar neste post? Porque foi, concerteza, o texto que eu mais gostei... Como tal, vou-te pedi-lo emprestado para o meu blog ;o)
Irei colocá-lo amanhã... Se não quiseres basta diseres algo que retirá-lo-ei...

Passarei por aqui mais vezes...

PS: Vou deixar uma nota no teu último post... ;o)

***

6:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home