sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Num trotar leve,
desajeitado na sua infância
iniciada tão só,
o lobito
busca quentura
num covil vazio.
Mãos ternas
colhem delicadas,
esse medo feito vida.
Tempos corridos,
noutras moitas douradas
de lírios e malmequeres,
dois lobos uivam
juras de amor eterno.
do livro LUA DE LOBOS

6 Uivos:

Blogger Carlos Barros uivou...

uivam ventos, de agonia
uivam a noite pela rua
imaginados enquanto dia
uivam em memória da Lua

beijos ...adoro o neome deste blog

7:05 da tarde  
Blogger mariah uivou...

amiga, recorde-me esse tempo.
há quantas luas?

bj, amigo.

como foi ter ao meu blog?

10:37 da tarde  
Blogger Noite uivou...

Olá, Maria! Está muito bonito o teu blog. O nome é espectacular! Vou ficar atenta e ansiosa pelos desenvolvimentos.
Um beijinho.

2:26 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

Olá Maria
Lembra-se do Lory? decerto que sim... eu não sei dele há muito...Das últimas vezes que estive consigo foi numa exposição dele ma Galeria da EDP.
Já lá vão uns anitos::))
E fui ter ao seu blog, através de outro e de mais outro... é o costume.
xi

10:10 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

olá Noite. Tenho andado arredada dos blogs da vida... mas origada pelo elogio. LUA DE LOBOS é o titulo de um livro meu:)
xi

10:13 da manhã  
Blogger LUA DE LOBOS uivou...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:13 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home